Banco de Talentos

A proposta deste projeto é trabalhar para a melhoria do nível de escolarização e profissionalização de adolescentes em situação de vulnerabilidade de Sete Lagoas e região, gerando maior acesso e manutenção no mercado de trabalho.
O desemprego vivenciado pelos jovens em situação vulnerável é chamado “desemprego de ingresso” quando o jovem procura o primeiro emprego e não consegue. Especialistas afirmam que esta situação tem uma relação direta com o aumento da violência, pois reduz a autoestima deste jovem. E se este jovem (que já está vulnerável devido a seus laços enfraquecidos dentro da família e da comunidade), vive no seu dia a dia o apelo do consumismo e da necessidade de atenção, de reconhecimento e de formação de uma identidade, muitas vezes, acaba por optar pelo caminho da criminalidade.
Ha uma causalidade direta entre o baixo nível de escolarização, formação de competências e de profissionalização com a dificuldade de acesso e manutenção no mercado de trabalho.
Partindo deste pressuposto, o projeto traz duas propostas:

✓ Realização de oficinas de formação e preparação de adolescentes antes do ingresso no Programa Jovem Aprendiz
✓ Realização de oficinas de aprimoramento durante o contrato de aprendizagem profissional, potencializando a possibilidade de contratações após o encerramento do Programa Jovem Aprendiz.