O X da questão

O Serpaf enquanto instituição que trabalha com os Direitos Humanos se preocupa com toda e qualquer situação ou expressão que possa causar algum tipo de exclusão. Buscando cada vez mais aprimorar nossa atuação, incluímos agora em todos nossos textos e publicações a utilização do “x” nas situações em que nos referimos tanto ao masculino quanto ao feminino, incluído assim também todas as pessoas com sua identidade de gênero.

1 comentário

  1. francisco jorge ferreira da silva 3 anos ago 11/09/2018

    eu admiro muito o trabalho de organizações serias, eu também trabalho em Huma que mi orgulha muita. estivemos juntos em 2017 na construção da ppi em BH, gostei muito da experiencia.

    REPLY

Deixa uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *