Educação realiza encontro sobre o tema abuso sexual de crianças e adolescentes

Esse foi o tema do encontro no dia 30 de maio de 2022, articulado pela Secretaria Municipal de Educação – SME. A proposta organizada pelo Serpaf – Serviços de Promoção ao Menor e à Família teve como parceiros com o CMDCA – Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Conselho Tutelar e CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social.

A convite da Gerente Educacional, Alexandrina Maria Rodrigues Guimarães, o evento aconteceu na Gruta Rei do Mato e contou com a participação de cerca de 100 profissionais da educação, com o objetivo de sensibilizá-los(as) sobre a revelação espontânea e a não revitimização. A revelação espontânea acontece quando crianças e adolescentes relatam alguma violência sofrida ou testemunhada. A revitimização é o discurso ou a prática que submete crianças e adolescentes a procedimentos desnecessários, repetitivos, invasivos, fazendo-os reviver a situação de violência sofrida ou presenciada. Todas as orientações foram baseadas na Lei nº 13.431, que detalhou as finalidades do Sistema de Garantia de Direitos de Criança e Adolescente Vítima ou Testemunha de Violência e as ações para garantir o trabalho intersetorial de forma integrada e coordenada, principalmente no que diz respeito à acolhida e escuta.

Além dessa temática, foi esclarecido o importante papel do Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente – SGDCA, que inclui todos os órgãos, instituições e profissionais que atendem direta ou indiretamente as crianças e adolescentes e como a escola tem um papel fundamental nessa grande engrenagem, assim como o CMDCA, Conselhos Tutelares, CREAS e Organizações da Sociedade Civil.

O encontro encerrou-se com uma apresentação da “Mala Criativa” proposta pela inspetora da SME e psicóloga, Débora Guimarães, como uma ferramenta de prevenção contra violência.

Por Rachel Branco e Ribeiro (psicóloga, conselheira do CMDCA e colaboradora do Serpaf)

Foto: Arnaldo Neto (Advogado Creas), Jéssica Soares (Conselheira Tutelar), Gabriella Ferreira Vasconcelos (Assistente Social Serpaf), Magda Thomé Speltz (Presidenta CMDCA), Alexandrina Maria Rodrigues Guimarães (Gerente Educacional), Débora Guimarães (Inspetora SME e Psicóloga)

Deixa uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *