Escola Parceira

Entendemos que a Comunidade deve ser um lugar de proteção, conexão, desenvolvimento e vida para famílias, crianças e adolescentes.  É nesta perspectiva que o projeto Escola Parceira foi consolidado. As Escolas das comunidades, neste cenário, tornam-se fundamentais pois são as nossas grandes aliadas na construção de uma educação para cidadania, participação social, convivência e relações construídas em empatia e afeto.

Escola Parceira tem como estratégia fundamental estabelecer um fluxo de comunicação e acompanhamento social   sobre cada criança/ adolescente individualmente, da Escola com o Serviço Social do SERPAF, oferecendo, na medida do possível, respostas à demandas psicossociais que surgem em meio a criança e adolescente em comum do Serpaf e a Escola Parceira.

É sabido que as demandas das Escolas são intensas e numerosas o que dificulta à equipe pedagógica   absorver todos os casos no tempo necessário em que aparecem. E o SERPAF surge dentro destas perspectivas de se trabalhar em rede de forma interdisciplinar e intersetorial, articulado às políticas públicas locais.

O que podemos fazer juntos?

  • Apoio sociofamiliar: A companhamento e atendimento  psicossocial com famílias através da metodologia Passos para a Transformação.
  • Café e Prosa com as Famílias: Grupo com famílias de apoio, escuta de reflexões sobre novas alternativas na educação através da comunicação autêntica e educação positiva.
  • Enquetes: Pesquisas e diagnósticos:Buscamoscompreender melhor os fenômenos contemporâneos que envolvem a vida das pessoas em comunidades vulneráveis. Para tanto, realizamos periodicamente enquetes sobre  os maiores incômodos das famílias, crianças e adolescentes.  Tais enquetes são estrategicamente elaboradas a fim de trazer à tona não só os problemas visíveis mas também os problemas e situações indiretas e se refletem na comunidade e na vida das crianças e adolescentes.
  • Seminários com as famílias: Entendemos que devemos envolver as famílias nas discussões e construções de conhecimento crítico, trazendo especialistas com temas sugeridos.
  • Comunidade em Ação:Promove espaços de articulação entre comunidade e poder público. O nosso papel é de atuar como mediador, articula os setores, o desenvolvimento das competências locais, instigando a participação e o sentimento de pertencimento à comunidade.

 

  • Treinamentos, Capacitações e Oficinas: Estamos preparados para sermos multiplicadores de construções de conhecimento e por isso temos o projeto que se chama “Construindo um Saber” no qual compreende encontros mensais com toda a equipe interdisciplinar  para discutir temas, conceitos, legislações eminentes, inovações em uma  educação transformadora, entre outros assuntos sugeridos.

 Projeto Vozes e Direitos na Escola: Sabe-se que incluir a participação das crianças e adolescentes nas decisões institucionais, na construção de políticas públicas e no planejamento urbano é um grande desafio. E pensamos que o início deste desafio seja na família e também ESCOLA. As crianças e adolescentes assim como os adultos, são portadoras de saberes e, quando abordadas de maneira sensível e com metodologias alternativas, podem falar sobre o que vai bem e o que vai mal em suas vidas. Este projeto é uma das formas de se chegar a esse saber específico da criança e adolescente, que fala a partir de um lugar social.

Celebrando as Diferenças: A violência  na escola  não é um fenômeno recente, porém está se tornando um grave problema social, de segurança pública e saúde pública.  Este projeto que trabalha as relações e mediação de conflitos, traz a proposta de descontruir paradigmas negativos enraizados no preconceito, dificuldade de aceitar o diferente e também medo de não ser aceito por ser diferente, introduzindo o positivo,  valorizando as potencialidades de cada um.